segunda-feira, 31 de março de 2014

August: Osage County

Ao acabar de ver este filme pensei logo que Cate Blanchett realmente deveria ter feito um papelão para roubar as atenções de Meryl Streep que está mais uma vez soberba. Vi Blue Jasmine ao fim da tarde e nada disso! Cate Blanchett faz de tontinha é só isso, Meryl Streep faz-nos acreditar que é aquela pessoa, desequilibrada, amarga. Mas voltamos ao mesmo, não há para o Leo, não há para a Meryl. Mas todo o filme é um leque de actores de se lhe tirar o chapéu, acho que gosto de todos! Julia Roberts linda e espectacular, a cena do almoço é de parar a respiração. Aqui é-nos contada a história de Violet Weston (Streep) que sofre de cancro e é viciada em comprimidos. Após o desaparecimento do seu marido e consequente falecimento do mesmo a família acaba por se reunir e todos os problemas actuais e do passado vêm à baila. O filme acaba como começa, Violet sozinha. 
Tem interpretações muito boas, mas não passa de um drama familiar um pouco vulgar e foi giro ver Julia Roberts e Dermot Mulroney juntos (não romanticamente), desde o tempo do "Casamento do meu melhor amigo".



Quanto vale em asteriscos: * * * *
V.
Um Quente Agosto (2013) on IMDb

2 comentários:

  1. Concordo com tudo o que escreveste. Meryl Streep merecia outro Oscar!

    ResponderEliminar