sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Captain Phillips

Este tipo de filmes deixa-me a suar das mãos! Ainda por cima eu não fazia a mais pequena ideia de como acabava. Só nervos! Temos aqui a história (verdadeira) de Capitão Phillips, Richard Phillips, que viu o seu navio invadido por um grupo de piratas Somalis. Depois de tentar contornar a situação, Richard, acaba por ser levado pelos piratas no salva vidas. Muito sinceramente não vejo por onde é que pegaram para porem este filme nos nomeados dos melhores do ano, porque tirando as duas interpretações principais, Tom Hanks e o novato Barkhad Abdi não vejo nada que não tenha sido já feito, refeito e repetido! História verídica com um típico final americano! Boringgggggg


Quanto vale em asteriscos: * * *

V.
Capitão Phillips (2013) on IMDb

Esta série é só classe!





Arrow, sai às quartas....
De nada!!

V.

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Banda Sonora de uma vida

Gosto muito de música e gosto particularmente de ver concertos que me digam alguma coisa! Às vezes desses concertos basta uma música para alimentar o meu histerismo. Tive uma adolescência (e tenho uma vida) muito rica em música. Músicas essas que me marcaram tanto que ando a riscar aos poucos esses artistas, tentando vê-los todos ao vivo. Dia 1 de Julho poderei riscar mais um. Não conheço praticamente mais nada, mas esta música faria-me pagar os 24€ do bilhete.



P.s. Se conseguir ver Aerosmith ao vivo acho que não preciso de riscar mais nada, ficarei com missão cumprida!

V.

Guilty GUILTY pleasure...


Oh Mr. Grey... :)

Dilemas...

Em vez de estar a ver os filmes dos Óscares, estou a ver a Branca de Neve no YouTube, era só isto. ;)

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Michael Bublé

Diz que é no Sábado que vou ver este senhor e aposto que vou sair do Meo Arena a panicar, de tão doidona que vou ficar por ele! Wanna bet?! :)



V.

Já estou na moda..



Provei e está aprovado! :)

V.

The Hunger Games: Catching Fire

Não me lembrava de nadinha do primeiro filme, mas com o avançar deste, a memória começou a iluminar-se e lá consegui juntar os pontos e posso já concluir que esta sequela está mais bem conseguida, em vários níveis, seja no conteúdo da história como na evolução da relação entre as personagens! Depois de ganharem a 74ª edição dos Hunger Games, Katniss Everdeen e Petta Mellark  vêm-se obrigados e voltar a lutar pela sua vida naquele espaço grotesco. Parece simples, mas há muita teoria da conspiração pelo meio e um toque suave de amor pelo meio.
É um bom filme pipoca e se gostaram do primeiro garanto-vos que vão gostar ainda mais deste. Um belo filme para um belo domingo.



Quanto vale em asteriscos: * * *

V.

The Hunger Games: Catching Fire (2013) on IMDb

domingo, 26 de janeiro de 2014

Cinco temporadas depois...









É série de pita?
Completamente...

V.


´ Diários do Vampiro (2009– ) on IMDb

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Dallas Buyers Club

O filme acabou e o medo apoderou-se de mim. Pois é Leo, temos aqui concorrência à séria. Como já li da boca de mil pessoas, o papel que Matthew McConaughey faz aqui em Dallas Buyers Club é provavelmente o papel da sua vida, dificilmente conseguirá um papel assim, pois a sua escolha em relação aos seus trabalhos não é sempre a mais regular, tão depressa faz papelões como só mostra carne e pouco trabalho (não é que o pessoal se importe de lhe ver o six-pack), já o DiCaprio tem bom dedo para aquilo que faz, escolhe criteriosamente os filmes que faz e tem Scorsese sempre para o amparar, ou seja, mais papéis bons virão. Pessoalmente quero muito que ganhe o Leonardo DiCaprio, já é uma opção pessoal, quero! Acho que merece, pela carreira que construiu e pelo talento que tem, mas racionalmente acho que quem vai ficar com a coisa é o Matthew. O povo gosta muito das transformações físicas e personagens como que McConaughey interpreta, mártires. Se merece? Sem sombra de dúvida. Se voltará a estar nesta posição? Claro! Basta querer. É uma cara bonita mas vale muito como actor. Em relação ao filme, não é nada que não tenha sido visto antes. Uma história de luta, amizade, preconceitos e mudança de mentalidades. Aqui são mesmo as interpretações e a entrega aos papéis que tomam conta da qualidade do filme. Em jeito de conclusão, Matthew McConaughey roça na perfeição e Jared Leto deixa-nos de queixo caído também. Continuo na opinião que ele devia largar a música e dedicar-se só ao cinema, faz poucos filmes, mas quando os faz. saiam da frente. Mais uma vez a mudança de aparência é notória, mas acaba por ser secundária, pois e entrega que mostra a cada minuto que nos aparece no ecrã é de arrepiar. Das cenas cómicas, às de cortar a respiração temos um pouco de tudo, mas confesso que a que ele vai ter com o pai é arrebatadora. Certo e sabido que o Óscar de Actor Secundário vai parar à casa deste. Vejam e emocionem-se.

Tenho mesmo de fazer estas comparações, são as mesmas pessoas:

Mattew McConaughey




Jared Leto




Já bem mais compostinhos com Jannifer Garner.



Quanto vale em asteriscos: * * * *

V.
O Clube de Dallas (2013) on IMDb

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Se há coisas que nunca mudam, há outras que...




... que mudam e continuam boas! :D

The Wolf Of Wall Street

Tenho uma opinião um bocado bipolar em relação a este filme! Por um lado acho que peca em vários pontos, sendo a duração um deles. O filme tem um bom andamento e não se torna aborrecido mas mesmo assim três horas de filme não se justifica. Depois a história em si não é super interessante e mesmo quem vá ver o filme sem saber rigorosamente nada (eu!!) a meio do filme já está a prever o fim. Mas depois em compensação tem coisas brilhantes! A realização é fresca e revigorante! Prova que velhos são os trapos e que Scorsese será um eterno e brilhante jovem no que toca a fazer filmes, por norma sempre bons! E por fim e o melhor de tudo, o elenco que nos presenteia com interpretações "out of this world", a expressão em inglês soa melhor! A breve aparição de Matthew McConaughey vale o que ele supostamente ganhava em Wall Street, hilariante cena, by the way :); Jonah Hill é aquela personagem secundária que em certas partes se confunde com o protagonista, além da personagem estar muito bem construída este actor arrebata todas as cenas onde aparece com um brilhantismo que já o caracteriza; Jean Dujardin mata o mulherio com aquele inglês afrancesado e sorrisos rasgados que qualquer bom malandro tem! E por fim e sem mais demoras, Leonardo DiCaprio. Não sei o que dizer mais! Se já fez melhores filmes? Já. Mas FODA-SE, ele está PERFEITO e quem disser que não, não gosta de cinema! Está ganho, venha quem vier... E sinceramente será vergonhoso para a indústria de Hollywood se este ano não lhe derem o devido valor! Que papelão... :)
Vejam e digam-me se não tenho razão! :)



Quanto vale em asteriscos: * * * *

V.
O Lobo de Wall Street (2013) on IMDb

domingo, 19 de janeiro de 2014

sábado, 18 de janeiro de 2014

Oscars 2014

E pronto mais um edição deste festival que além de muitas coisas premeia o cinema. Apesar de ao longo dos anos, na minha opinião se ter perdido certos critérios, nomeadamente a qualidade dos filmes (ok, gostos são gostos) é sempre uma data que espero com alguma ansiedade. Gosto de ficar acordada madrugada fora e ver tudo em directo, obrigada TVI por ainda passarem a cerimónia. Este ano a mesma será a 2 de Março (um domingo pois está claro). As nomeações já estão aí e confesso que ainda não vi rigorosamente nada, pelo menos dos cabeças de cartaz, mas pelos burburinhos que por aí circulam será uma edição bastante renhida, é bom sinal, sinal de que há bons filmes e boas interpretações. Eu só espero que o DiCaprio ganhe. Ok, já estou a ser repetitiva mas acho que ele merece mesmo. Mas daqui em diante, ou melhor, até a data da cerimónia, além das mil séries que acompanho estou em "Oscar mode", ou seja, tentar papar os filmes todos que pelas minhas contas são SÓ vinte seis filmes para ver, piece of cake! :)

Ficam AQUI todos os nomeados e no fim de contas que ganhem os melhores!

Bons filmes!


V.

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Deixem passar...



... o melhor do mundo que é tuga! :D

 V.

PPC 2013

Amigo que devia ter enviado um postal, continuo à espera! :D Se te atrapalhaste com as datas e não te apercebeste que o Natal já passou, não faz mal, temos muitas mais datas comemorativas! Por exemplo, podes ser um fofinho/fofinha e enviar no dia dos Namorados! Sendo uma época muito chata para os solteiros até me ajudavas a esfregar o postalito na cara dos meus amigos encalhados assim como eu! Se achares ser uma data muito melosa e cheia de clichês, não desesperes o Carnaval estará mesmo à porta! Se mesmo assim não der jeito terás a Páscoa, Dia do Pai, Dia da Mãe, Dia da Árvore, início do Verão, faço anos em Agosto, início das aulas e por aí fora! Mas mas mesmo assim se a tua vida não o permitir fica aqui combinado que no próximo Natal terás de enviar não um mas DOIS postais ok?

Isto tudo para dizer que gostava mesmo de receber o postal ao qual tenho direito porque gosto muito desta brincadeira e este ano não me correu muito bem! Amigo secreto se me estás a ler envia lá isso, juro que não conto a ninguém que te esqueceste! :D 

V.

E ele ganhou ♥



ATENÇÃO ATENÇÃO!!! 
Será este ano que se vai fazer justiça e este Deus raspa os prémios todos?! Se sim, que FINALMENTE!!! Sendo ele a injustiça destes últimos anos em tudo o que é cerimónia de Óscares e Oscareszinhos poderá este ano ser o ano de tirar a barriga de misérias. Ainda não vi filme nenhum, nem o dele (aposto que está soberbo como sempre) nem da concorrência, mas se ganhou já o Globo esperemos que isso se estenda pelo menos até aos Óscares, porque já começa a ser tempo de lhe darem o devido valor! Se este é o seu melhor filme ou não, não o posso dizer mas, mesmo se não for é o culminar de uma carreira que não sendo assim tão longa, só soma grandes filmes e maiores interpretações! Vamos lá Leo, 'tamo junto'! :D

Ficam AQUI os restantes vencedores de ontem.

V.

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

A luta continua...



I will found you, pinky swear! :)

Bom fim de semana! :D

V.

About Time

Há por aqui chorões e choronas? Se temos, aqui está um belo filme para vós. Começo por dizer que este filme é irmão de Notting Hill e Love Actually (o meu filme panisga favorito de sempre), quero com isto dizer que é do mesmo argumentista, logo dá para criar certas expectativas!
Temos aqui uma fábula um bocado do foro do imaginário, mas que fala de sentimentos, esses sim bem reais. Aos 21 anos Tim recebe a notícia que consegue viajar no tempo e assim mudar pequenos eventos na sua vida. Com esse poder nas mãos resolve usá-lo para conhecer a mulher da sua vida e tentar ser o mais feliz que conseguir! E a partir daqui temos de tudo, romance, um humor muito perspicaz e muita fantasia! Se viram os dois filmes que falei no início (Notting Hill e Love Actually) percebem que o desfecho vai ter uma carga emocional grande, e tem. É aqui que os chorões e choronas se vão perder. Eu, coração de pedra não me desmanchei, mas deixa-nos a pensar, no nosso tempo e na maneira como o gastamos! Se pudessem voltar atrás o que mudavam? Eu mudava algumas coisas, mas havia erros que cometia na mesma! :D
Vejam é muito fofinho!



P.S.- Ahhh a tal de onde é que eu conheço o Tim? Descansem pessoas é do Harry Potter, por isso é que não sou emotiva nos filmes passo maior parte do tempo a pensar de onde é que conheço os actores.

Quanto vale em asteriscos: * * *

V.
Dá Tempo ao Tempo (2013) on IMDb

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Prisoners

Ainda bem quando me disseram que ia ver este filme não me disseram a sua duração pois muito provavelmente não o iria ver (tem duas horas e meia) e ia ser uma tragédia, o filme é muito bom! Bom ao nível que não via há bastante tempo! É verdade que não ando em mim ultimamente, não tenho visto muita coisa, mas também nada me inspira muita confiança para o fazer!
Tem como protagonistas Hugh Jackman e Jake Gyllenhaal. Cada um à sua maneira fazem o filme valer a pena. Hugh Jackman o incansável pai cuja filha foi raptada e Gyllenhaal o detective que assume o caso. São duas horas e meio disto, uns atrás dos outros e toda a gente é um potencial suspeito inclusive os protagonistas. Temos um twist aviso já, um twist bom mesmo bom e temos um final ainda melhor! Vejam e divirtam-se com cinema à séria!


Quanto vale em asteriscos: * * * *

V.
Raptadas (2013) on IMDb

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Out Of The Furnace

Eis que alguém publica na minha página do Facebook o trailer deste filme com o seguinte: "Vais amar este filme, com o Christian e ainda por cima com musiquinhas dos Pearl Jam!", e não é que a moça tinha razão!? Seria um filme mediano se não tivesse o Rei Bale. Qual rei Midas qual quê! Este homem é que transforma tudo em ouro... Aqui temos a história dura de dois irmãos que lutam por uma vida mais digna, mas a vida acaba por lhes passar muitas rasteiras e torna-lhes a missão muito mas complicada! Como cabeças de cartaz temos Christian "King" Bale, Casey Affleck, Woody Harrelson, Zoe Saldana, Willem Dafoe e Forest Whitaker. Para além do Bale destaco Woody Harrelson que está excepcional também! Não é um filme para toda a gente, mas quem lhe conseguir ver a mestria vai gostar muito! Por fim há que realçar a banda sonora e com isto quero dizer o tema "Release" dos maiores! Assenta-lhe (ao filme) que nem ginjas.
Recomenda-se. :)


P.S.- Ainda ando a digerir aos poucos o facto do próximo Batman ser o Ben Affleck, mas temos de ver a ironia que se passa neste filme: Christian Bale o verdadeiro Batman faz de irmão falso de Casey Affleck, que é irmão verdadeiro do Batman falso!! ahahaha

Quanto vale em asteriscos: * * * *

V.
Para Além das Cinzas (2013) on IMDb

Carrie (2013)

Quem gosta de filmes de terror e tem particular interesse pelos clássicos conhece bem esta história. No original de Brian De Palma temos Sissy Spacek no papel de Carrie White, neste remake e não menos profissional temos Chloe Grace Moretz, ambas com um toque especial para o creepy, particularidade desta personagem. Carrie é a outsider do liceu. Gozada e humilhada constantemente na escola e em casa, por colegas e por uma mãe abusiva e religiosamente fanática. Só que quando Carrie descobre que tem poderes telecinéticos muita coisa muda, tanto na escola como em casa.
Em comparação, os filmes não diferem muito, tirando a parte técnica pois os 37 anos que os separam contam muito. De resto e tirando a parte que acho que estes remakes são estupidamente desnecessários, nem é um mau filme. Quem já viu o primeiro sabe que não é uma história de nos fazer tremer, mas é macabra e acho que Julianne Moore faz uma mãe muito mais competente.





Quanto vale em asteriscos: * *

V.
Carrie (2013) on IMDb