terça-feira, 26 de novembro de 2013

Man Of Steel

NÃO, não me voltei para o lado do inimigo, não larguei a obsessão pelo negro e comecei a adorar vermelho e azul, mas para uma pessoa para poder falar tem de ver não é? Tendo em conta as últimas aventuras deste super-herói pelo cinema podemos dizer que este filme é uma obra de arte pois é o melhor até agora, apesar dos clássicos terem o seu encanto. O filme peca um pouco pela duração, apesar de esta só se fazer sentir na última hora, pois é aí que o filme perde ritmo e ganha uma grande dose de seca! Demasiadas explosões, acontecimentos pouco explicados, humanos a levarem na boca à bruta e prédios e cair, é o que acontece! Mas nem tudo é mau! O fato melhorou muito, já estava na altura de dizerem ao rapaz para vestir as cuecas por baixo das calças! Do início até ao ponto de viragem do filme em que este se torna um bocado seca, o filme é realmente bom, tão bom que não se dá pelo tempo passar. Os atores foram medianamente bem escolhidos: os Kent nem estão mal, gosto muito da Diane Lane acho que poucos papéis lhe ficam mal; Kevin Costner está na sua praia, a fazer de mentor de alguma coisa, fonte de inspiração para algo maior; Russell Crowe fica melhor como gladiador mas não se pode ter tudo; Amy Adams foi o único erro de casting, ou então é a personagem que está mal escrita, a Lois Lane que estamos habituados não se embeiça tão depressa mas também é a primeira vez que Henry Cavill faz de Super-Homem e fá-lo bastante bem acho! Não sendo eu especialmente fã da personagem, gosto deste género de filmes e este acabou por passar as expectativas, mas elas estavam tão baixas que não era complicado!
Tenho medo do que está para vir, quando Ben Affleck vestir a pele de Batman e obrigar-me a pagar 6€ por um bilhete de cinema para quase de certeza sair de lá fula com a vida e com a mente brilhante que teve essa ideia de merda! A ver vamos...



Quanto vale em asteriscos: * * *
V.
Homem de Aço (2013) on IMDb

Sem comentários:

Enviar um comentário