quarta-feira, 13 de março de 2013

Cloud Atlas

Já queria ter visto isto há bem mais tempo, mas meteram-se os Oscares pelo meio e até agora faltou-me sempre a coragem, pois começar a ver um filme com 3 horas é preciso mesmo uma boa dose de concentração e paciêcia para tal. Mesmo com essa dose de paciência é um filme complicado de ver, mas curiosamente que não dá vontade de parar! É algo confuso, até quase ao fim parece que não se entende nada do que se passou até então, mas pouco a pouco as peças vão-se juntando e praticamente tudo é explicado! Das 6 histórias que se cruzam a que achei mais bonita (e trágica) é a de Robert Frobisher afinal é ele que praticamente dá nome ao filme! Não querendo ser spoiler, não dá para me alongar mais! A moral é bonitinha mas não é nada daquilo que estava à espera!
 
 
 
 
Quanto vale em asteriscos: * * *
 
Beijos e Abraços
Cloud Atlas (2012) on IMDb

4 comentários:

  1. Acho que não vou ver. O Tom Hanks sempre me aborreceu de morte!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então ê capaz de te aborrecer mesmo!! Dado que são 6 historias num filme e ele entra praticamente nelas todas!

      Eliminar
  2. É tipo puzzle. Só para o final é que começa a fazer sentido. Eu gosto da ironia da coisa, quando se percebe quem no futuro é adorado como deus. E como acredito na reencarnação, gostei.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim é engraçado! É demasiado extenso, mas tem uma moral engraçada!

      Eliminar