quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Vertigo

Quando andava com a força toda em ver os grandes clássicos este teve na minha mira por momentos mas como os meus apetecimentos cinematográficos são muito esquizofrénicos, assim como a vontade veio, assim se foi e se não fosse o alarido de agora de ter sido considerado melhor filme de todos os tempos ainda estaria na minha prateleira empoeirada das vergonhas!
Hitchcok era mesmo mestre!! O filme tem uma mestria que hoje em dia poucos realizadores o são capazes de fazer. Os diálogos simples, os planos extremamente bem feitos para 1958 e apesar da minha colega de visionamento ter ficado mal disposta à conta da banda sonora, eu acho que é um dos fatores de diferenciação do cinema daquela altura para o atual, as bandas sonoras épicas e envolventes que quase somos levados para dentro do filme. Obviamente que gostei muito do filme e muito ao modo de Hitchcok tem um desfecho não muito esperado e estranho o suficiente para ficarmos com aquela estranha dúvida de isto é mesmo bom ou completamente non-sense? Mas no entanto acho que estará longe de ser o melhor filme de todos os tempos, até acho que nem é o melhor do realizador (ok só vi 3 ainda), mas vale a pena ver!
 
 
 
 
P.s.- Este filme faz parte do restrito grupo de filmes spoiler-logo-na-tradução-do-título, mas em primeiro lugar continuará destacadíssimo Rosemary's Baby!
 
 
Quanto vale em asteriscos: * * * *
 
 
Beijos e Abraços

2 comentários:

  1. Mais um para ver...damn, um dia vou ter que tirar umas férias cinematográficas! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vê um por semana não te custa tanto! E valem a pena :)

      Eliminar