sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Se fosse eu a mandar...

Raramente faço textos de opinião mas este tema merece uma reflexão e um texto à sua altura! Esta semana chegou às bancas a revista que atualmente compro, a Empire portuguesa e na minha primeira 'folheação' (nem sei se esta palavra existe) fiz paragens em cada artigo sobre o último Batman eis que num artigo fazem referência o quão bom seria Christopher Nolan e Christian Bale fazerem um 007. Ora aí está uma EXCELENTE ideia! Ficou mais que provado (se é que ainda eram precisas mais provas) que esta dupla consegue factos notáveis! A solo já eram umas máquinas de qualidade mas nesta trilogia do homem morcego a prova dos nove ficou certíssima! E ficou provado também que pegaram numa causa assim para o perdida e transformaram-na num ganho certo! Nunca Batman foi tão popular e nunca filmes de um super herói tiveram tamanha qualidade! E como se costuma dizer que em equipa vencedora não se mexe porque não exportar esta feliz coincidência para outros mundos? Não sou fã dos filmes de 007 devo confessar, mas obviamente que o glamour que tanto lhe é atribuido acaba por me encantar de certa forma. Nunca tive grande paciência para ver os filmes de ponta a ponta de nestes últimos anos a coisa descambou com a introdução deste novo Bond. Mas se por mero acaso C.Bale passasse da armadura negra e voz rouca para um smoking e bebidas com azeitonas era ver-me na primeira fila do cinema! Portanto se fosse eu a mandar, o loirinho acabava o que anda a fazer e o próximo Bond era esse magnata da representação e do outro lado da camâra ficava Christopher Nolan e ainda me dava ao luxo de apostar  às cegas que iam rebentar com as box office por esse mundo fora!
Vá bracinhos no ar, quem concorda comigo?? Madeixa sai já da caverna e dá a cara pela causa! :D
 
 
 
 
 
P.S. Faz de conta que não escrevi esta lenga-lenga toda a defender a coisa com unhas e dentes, mas (e acho que já o tinha dito aqui) Jon Hamm (Mad Men) é que dava um Bond de armas e bagagens! Quem vê a série vai entender-me e quem não vê, veja porque é uma pequena maravilha da televisão! Mas como é americano e não inglês está fora da corrida!
 
 
 
 
 
Beijos e Abraços

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Rescue Dawn

Mission: C.Bale
 
Dieter Dengler: "Foi um piloto da Marinha dos Estados Unidos durante a Guerra do Vietname. Dengler foi um dos dois sobreviventes - o outro foi Pisidhi Indradat - de um total de sete prisioneiros que escaparam da prisão do movimento comunista Pathet Lao em Laos sendo resgatado a 20 de julho de 1966, após três semanas de fuga na floresta. Após o seu retorno, tornou-se piloto de testes e sobreviveu a mais quatro acidentes aéreos.

 
Fonte: Wikipédia
 
 
Basicamente é esta a história do filme, uma biografia de Dengler nessa fase da sua vida e que o marcou de certo para o resto da mesma! Mais uma vez Christian dá aulas de como ser um excelente ator e de como fazer as coisas sendo um 'Home' à séria! Ele come lagartas, agarra cobras, nada em lama e muito sinceramente parece tudo real, deve ter o síndrome de Marilyn, quando faz uma personagem entra nela de cabeça! Ponto SUPERRRR negativo: os efeitos especiais! O filme é de 2006, logo não estamos a falar de uma coisa feita na era da pedra, mas as cenas passadas nos aviões são uma pequena desgraça! Mesmo muito fraquinhas... De qualquer maneira vale mil a pena, por ser um episódio da história mundial, por ter C.Bale em grande, mas preparem-se porque tem cenas que arrepiam um cadinho os mais impressionáveis! Mas não vamos ser injustos, C.Bale está muito bem mas os restantes atores que fazem de seus colegas prisioneiros também merecem o retirar do chapéu e quem sabe um vénia, em especial Steve Zahn e Jeremy Davies.
 
 
 
 
 
 
 
Quanto vale em asteriscos: * * *
 
 
Beijos e Abraços



terça-feira, 28 de agosto de 2012

True Blood (5ª Temporada)

E sem querer já passaram 12 semanas e mais uma temporada desta explosão hormonal de série... Visualmente continua topo! Agrada e qualquer tipo de espetador, é só gente saudável! Em questões culturais resvalou um cadinho! Também já começa a ser complicado ser tão criativo quando "Bon Temps" é um ninho de problemas! Houve uma troca de papeis que acabou por ser uma rabanada de ar fresco para certas personagens, já outras cairam um bocado na monotonia! O final foi emocionante q.b., não me deixa megaaaa ansiosa para a próxima, mas o suficiente para quando o próximo Junho chegar esfregar as mãozinhas de felicidade, mas para isso o Skargard chegava! :)
Waiting sucks, see you in June! :p
 
 
 
 
 
Quanto vale em asteriscos: * * * *
 
 
Beijos e Abraços

The New World

Mission: C.Bale
 
Desde que este filme saiu que estava pronta para o ver, mas há sempre tanta coisa para ver que foi ficando para trás e para trás... Tiveram de passar 7 anos e  a desculpa de ver todos os filmes de C.Bale para me fazer à estrada! Surpreendam-se nunca fui louca pela Pocahontas, aliás acho que só vi o filme da Disney já em adulta o que também não ajudou para eu correr de braços abertos para este 'mundo novo', mas esta versão de carne e osso (que não tem o mesmo desfecho da versão animada e ainda bem para a criançada) é muito fofuxa apesar de ser um filme de duas horas que avança a passo de caracol, muito ao género do realizador, quem viu "A Árvore da Vida" vai perceber-me! As personagens principais, vá os atores, fizeram um trabalho muito bom: Colin Farrel faz de bonzinho vs sacana sempre com o carisma que tanto o caracteriza (ator provavelmente a subir ao pódio aqui do Bairro brevemente :D); a Pocahontas, Q'orianka Kilcher (não faço ideia como é que se lê o primeiro nome) na altura com a tenra idade de 15 anos teve logo uma entrada pela porta da frente e direito a tapete vermelho! Primeiro filme: deixa cá passar do Colin Farrel para o Christian Bale, viste-a! :) E sim é mesmo uma verdadeira Pocahontas, o seu aspecto exótico ajudou. E por fim a estrela (neste caso, dado a minha missão) Christian Bale. O normal, aparece só na parte final do filme mas quase que dá para esquecer que Colin Farrel andou a pavonear-se pelo ecrã na última hora e meia! Faz a parte mesmo boazinha do filme, a personagem verdadeiramente fofinha. Muito giro o filme, recomenda-se vivamente!
 
P.S.- C.Bale é mesmo para casar! :)
 
 
 
 
 
 
 
Quanto vale em asteriscos: * * * *
 
 
Beijo e Abraços

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

The Strangers

Conclusão: não é mau de todo! Arrasta as borboletas para o estômago em certas partes! Tem um cenário sombrio (a clássica casa que raramente é habitada), as personagens principais não são demasiado histéricas, os 'estranhos' metem respeito e a simples frase "Because you were home" para a justificação do porquê de estarem a fazer aquela maldade toda, é de arrepiar! A introdução vintage a explicar que todo o filme é baseado em factos reais está bem pensado, pois quem gosta dos clássicos deste género vai identificar-se com outros filmes de culto como por exemplo "The Texas Chainsaw Massacre", também introduzido daquela maneira e também baseado em uma história real. Não é de cortar a respiração mas dá para gelar os pézinhos!
 
 
 
 
Quanto vale em asteriscos: * * *
 
 
Beijos e Abraços

The Crazies

A vaga de terror ainda continua por aqui. No entanto desta vez espalhei-me como normal... O que prometia ser um thriller psicológico como tanto gosto, revelou-se numa conspiração mesmo à  moda americana! Chato que só ele... Os primeiros minutos ainda criam uma espécie de promessa que vai ser um bom filme mas a restante hora torna-se numa seca, numa velennnnnte seca! Vi.me numa luta desigual entre mim e hora e meia de aborrecimento, mas ganhei! Com umas pequenas batotas mas ganhei! :)
 
 
 
 
Quanto vale em asteriscos: * *
 
Beijos e Abraços

domingo, 26 de agosto de 2012

Rubrica Nova

Ora bem, a partir de hoje vou iniciar rubrica, chamada "Personalidade do Bairro". É um incentivo para eu tentar ver a maior parte do filmes (bons e provavelmente maus) de atores/atrizes/realizadores que gosto! Estejam à vontade para o fazer também caso não tenham visto os respectivos filmes! Vamos iniciar isto logo em grande! A primeira personalidade é o brilhante Christian Bale (como devem ter reparado na barra à vossa direita) isto porque anda estou nas núvens com o final da trilogia Batman e pensei que tinha uma boa quantidade de filmes dele na minha gaveta (e tenho) mas o malandro tem mais filmes do que eu pensava! Não vou dar tempo para cada personalidade porque não quero ter obrigatoriedade em nada e muito provavelmente não vou ver toooooodoss os filme vá! :)
 
 
 
 
 
 
 
 
Beijos e Abraços

Drag Me To Hell

Por norma apetece-me sempre ver um filmezeco de terror e por norma também tanto procuro que acabo sempre por escolher o pior de todos! Este praticamente caiu-me no colo e digo já que não é dos piores que já vi! Preenche uma boa parte dos requisitos da chungaria do terror. Tem sustos com fartura, história paranormal satisfatória, personagens exageradas, mazura de sobra e cenas deploráveis a nível dos efeitos especiais (e uma imaginação pouco inspirada, diga-se de passagem)! Um verdadeiro petisco para quem gosta do género e de mandar umas gargalhadas internas!
 
 
 
 
 
Quanto vale em asteriscos: * *
 
 
Beijos e Abraços

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Julie & Julia

Há anos que queria ver este filme mas por preguiça foi ficando sempre na prateleira. Aqui junta-se duas coisas que adoro, cinema (claro) e cozinha! Sou uma boa cozinheira de fim de semana e é um assunto que me agrada bastante o que faz que este filme tivesse logo uma boa vantagem! De Meryl Streep já não há muito para dizer, é a melhor atriz de sempre e ponto final. Se ela conseguiu dar credebilidade a um musical só com músicas dos Abba (onde Pierce Brosnan canta) consegue praticamente tudo! Lá vem a conversa de ser baseado não em uma, mas em duas histórias verdadeiras, logo a nossa veia de coscuvilheiros aflora ainda mais! Gostei mesmo muito, e recomendo para quem acha que não sabe cozinhar, quem acha que não deve aprender e ainda mais para quem gosta de o fazer! :)
 
 
 
 
Quanto vale em asteriscos: * * *
 
 
Beijos e Abraços

The Avengers

Gosto mesmo muito do universo dos super heróis, muito por culpa do meu já saudoso Batman (cof cof cof), Batman esse que estará sempre em primeiro lugar no meu pódio de favoritos. Briga briga é discutir os restantes lugares. Em grande destaque sempre esteve o Iron Man, não por adorar os seus adornos e poderes mas obviamente pelo seu alter-ego, Tony Stark é mesmo rei! Dono de um humor brilhante, sexy q.b. e a sua inteligência é mesmo a cereja no topo do bolo, digamos que Robert Downey Jr. fez um bom trabalho! Depois temos o Thor mas só gosto deste por causa do ator por isso não conta! :) Os Vingadores consegue juntar uma boa parte dos heróis da Marvel, alguns bons outros menos bons! Não consigo gostar do Capitão América, mas acho por causa do seu filme a solo feito a pressa e sem grande interesse, o Hulk vai mudando de ator mas acho que só ganhou alguma fama aqui porque segundo dizem (nunca os vi) os seus filmes foram uma verdadeira desgraça! Iron Man é boss, a Viúva Negra dá boas lições de pancadaria, o Thor mesmo com as roupas apanisgadas fica sempre bem na fotografia e por fim temos lá o "Robin Hood" (Hawkeye) que é mais ou menos um empata. Ahh e claro Samuel L. Jackson que gosta de estar em todas e mais uma vez a fazer de patrão desta gente toda a comandar as operações! No geral é um bom filme de entretenimento, a história é simples, o clássico Bem vs Mal sem necessidade de grandes histórias, funciona! Peca só na duração, são quase 2h30m que acho que foi um bocado esticado! A continuação é mais que óbvia, não só por este ter sido um sucesso mas também por haver mil histórias para se aproveitar e para tapar buracos como as infelicidades dos Hulks e do Capitão América (acho eu). Que venham!
 
 
 
 
Quanto vale em asteriscos: * * * *
 
 
Beijos e Abraços

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

The Vow

Gostaria de conhecer alguém que tenha uma história de vida assim tão emocionante! Eu acho que estas coisas não acontecem mesmo, as pessoas dizem que é baseado em factos reais para o filme criar mais impacto! Enfim... Tudo muito fofinho, só amor, muita sensação de injustiça mas no fim tudo corre bem, não da maneira como pensamos que acaba, mas acaba bem! Como disse há dias a amiga da Madeixa, Channing Tatum tem cara de cachorro abandonado, neste filme tem cara de cachorro abandonado num canil quase a ir para abate só que com muito mais músculos, muitos músculos!!
 
 
 
 
 
Quanto vale em asteriscos: * * *
 
 
Beijos e Abraços

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Salmon Fishing In The Yemen

À partida o tema não é o mais interessante, eu sei, porque lutei contra isso, mas resolvi dar uma hipótese e acabei rendida! É um filme bem fofinho e não é diabético que é o que me irrita nos romances! É cute sem ser meloso e na volta até dá para achar pescarias, o fluxo dos rios e essas coisas interessantes! Não me consigo desligar do Moulin Rouge quando vejo o Ewan McGregor mas o sotaque bem acentuado que ele tem aqui dá para esquecer por momentos! Não é nada de extraordinário mas vale a pena ver!
 
 
 
 
Quanto vale em asteriscos: * * *
 
Beijos e Abraços

The Cabin In The Woods

SPOILERS, CONTÊM SPOILERS!



 
Pois é, este filme é uma caixinha de surpresas! Vi-o a pensar que se tratava de mais um filme de "grupo-de-amigo-que-se-perde-e-morre-nas-mãos-de-psicopatas" mas não é bem assim! É uma mistura desse género, com o Big Brother e com um culto religioso de qualidade extremamente duvidosa! Na minha opinião este filme está dividido em duas partes distintas: a primeira, genial! A ideia principal é realmente muito boa! A ideia de transformar os clássicos filmes de terror para adolescentes num jogo, em que eles mesmo escolhem como vão morrer e que existe um ordem pela qual as personagens morrem (e efectivamente existe) é mesmo muito original! No entanto a segunda fase em que se explica o porquê das chacinas sem dó nem piedade a coisa descamba um bocadinho! De qualquer maneira faço uma vénia por me ter surpreendido e pelo Chris Hemsworth que é sempre um prazer! :)
 
 
 
 
 
Quanto vale em asteriscos: * * *
 
 
Beijos e Abraços

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

LOL

LOL é mesmo o que tenho a dizer sobre isto! Hora e meia que perdi da minha vida! Mas um filme com Miley Cyrus não se podia esperar nada de muito bom! Sempre pensei que Demi Moore desse uma certa maturidade à coisa, mas ela está tão infantil como a 'Montana'. Basicamente é sobre vidinha cheia de problemazinhos de uma adolencentezinha! Pronto, aí está material para um filme! Bom, bom é a justificação para o nome do filme, a miúda chama-se Lola, mas ela diz com orgulho, "Everybody calls me Lol", MENTIRA!! Chamam-lhe sempre Lola! Opá que parvoíce... Mauzinho!




P.s.- Como perceber que se está a envelhecer, achar mais piada ao namorado da mãe do que ao da filha! :D


Quanto vale em asteriscos: * *


Beijos e Abraços

The Lucky One

À partida, sabia bem a minha opinião sobre este filme, mas a veia fútil não perdoa estas coisas e lá fui eu para o mundo diabético de Nicholas Sparks, porque é só mel! Não li o livro nem tenho intenção de o fazer mas a história fofinha e o fim feliz à vista é sempre bom para descansar o cérebro. Entretém, pronto.




Quanto vale em asteriscos: * * *


Beijos e Abraços

The Hunger Games

Primeiro impacto: não gostei! Mas agora pensando melhor e como faltam mais uns filmes vou dar o benefício da dúvida!
O ínício do filme é bastante interessante, mas com o avançar das horas perde o andamento! A 'caça' torna-se aborrecida e o final acaba por voltar a despertar o interesse e várias questões são levantadas, questões essas que são a salvação de todo o filme! A ver os próximos...





Quanto vale em asteriscos: * * *


Beijos e Abraços

terça-feira, 14 de agosto de 2012

The Dark Knight Rises

Vamos começar pela conclusão: é um filmarrão, mas não bate o anterior. Encerra com classe esta saga, a mais feliz nos últimos anos de um Herói de banda desenhada! Pessoalmente são dos 3 melhores filmes feitos nos últimos tempos! Além do realizador ser brilhante, contou com um leque de atores que elevou a qualidade da saga para o incomparável! Na linha da frente e irrepreensível Christian Bale. Genial nos 3 filmes sempre de braço dado com os 'antigos' Michael Caine, Gary Oldman e Morgan Freeman. Em "The Dark Knight" é impossível não falar de Heath Ledger que fez um interpretação de tal qualidade que nenhum outro vilão será suficiente mau, apesar deste Bane caminhar a passos largos para essa meta! Nesta ascenção do Cavaleiro das Trevas destaco: Anne Hathaway, que apesar de ainda não engraçar com ela a 100% faz uma Catwoman credível; Joseph Gordon-Levitt que faz um Robin tímido e menos apanisgado e por favor não façam um spin-off com esta personagem porque vão estragar as coisas e (CLARO) Tom Hardy, que gosta mesmo de fazer de mauzão! E consegue! Li numa revista há dias, que se Dark Vader e Hannibal Lecter tivessem um filho era este Bane e olhem é capaz de ser verdade, ehhhhh ruindade! Personagem sem sal: Marion Cottilard.
Foi um fim sofrido e na minha minha cabeça o final que imaginei! Sim é um bocadinho prevísivel mas só poderia ser assim! Apesar de Christopher Nolan ser um génio da realização e por norma da surpresa não podia ser muito mauzão pois o povo não perdoa! O romance final é forçado mas o moçoilo já merecia umas alegrias! Hans Zimmer adoça-nos os ouvidos com uma banda sonora de arrepiar que traz às cenas de luta a pitada de perfeição que falta!
Resumindo e concluindo: foi um bom final, agrada a gregos e a troianos, entristece-me não ter de passar mais 3 anos na expectativa e saber que de tanta espera iria resultar mais um filme brilhante, mas Nolan é rei e Bale rei e senhor portanto haja alegria! :p








Estrela do Bairro  ★


Beijos e Abraços

domingo, 12 de agosto de 2012

Sudoeste 2012

Dois sonhos: ser uma verdadeira festivaleira e ter a pulseira do festival. :D Este ano foram só estreias, há meses no Rock in Rio e agora no Sudoeste! Dois ambientes completamente distintos mas unidos pela mesma razão, a música!

2 de Agosto.
Este dia representou uma das razões porque tanto queria ir ao festim, Ben Harper, que curiosamente se tornou na única desilusão do mesmo. A voz essa, nada nem ninguém lha tira, mas acho que o estatuto de estrela lhe subiu um bocadinho à cabeça. Poderia perdoar-lhe não ter cantado as músicas antigas, se a doçura da sua voz tivesse passado para a personalidade que apresentou em palco. Achei-o arrogante, ponto. Não custa ser simpático para quem o foi ver e contribui para a fama e sucesso que conseguiu ao longo dos tempos, ficou mesmo aquém das minhas expectativas, nem mesmo o dueto com Vanessa da Mata salvou a honra do convento, se com o público foi uma pequena besta com a cantora brasileira foi só romance, no meu ponto de vista ela deveria ter sido alvo do mesmo tratamento dos festivaleiros porque desafinou como se não houvesse amanhã! Mas mesmo assim ainda não vou desistir do pequeno Ben, ainda o quero voltar a ver, mas se possível não em festival para ver mesmo o que é que ele afinal vale! Já tinham passado pelo mesmo palco Matisyatho e Fat Freddy's Drop, nenhum dos dois da minha onda musical, mas acabaram por ser descobertas interessantes. Do primeiro conhecia o hit "King Without A Crown" que foi guardado religiosamente para o fim e depois de um inesperado Crown Surf. De cara bem lavada e com farpela nova, deu um bom concerto e a avaliar pelo ambiente reunia uma boa quantidade de fãs. Depois foi a vez de Fat Freddy's Drop. Apesar de não ter nada a ver comigo é impossível não ficar deslumbrada com Jonh Lindsay, o senhor do trombone. Conquistou estatuto de estrela! :) No fim da noite Marcelo D2 encerrou o palco principal mas já não me encontrava em condições de avaliar nada porque estava em ponto de desmaio!












 

3 de Agosto.
Que se lixem os restantes! Este dia foi só para a estrela maior, Eddie 'King' Vedder e mais ninguém! Que se lixe o Morrison que até tem uma voz bonita e uma carinha engraçada, mas as canções é tudo muito apanisgado, que se lixe o Richie Campbell que apesar de não gostar do género música, desenrasca-se bastante bem e é um bom entertainer e quase que digo que se lixe Glen Hansard mas este senhor é que me lixou bem a mim! Eu e os colegas festivaleiros combinamos que neste dia íamos um bocadinho mais tarde para o recinto, porque basicamente o que nos interessava mais era tudo mais tarde, pois este Glen passou-nos logo a perna! Não fiz bem o trabaho de casa e não sabia que ele era colega de estrada de Eddie Vedder, pois obviamente que este foi logo dar uma perninha ao palco no primeiro concerto e eu provavelmente a tomar um banho fofinho em casa, que neura! A sorte é que o que aconteceu à noite pôs uma boa camada de panos, não quentes mas a escaldar sobre o acontecido! À meia-noite e meia entrou em palco o Rei, de chapéu na cabeça, camisa aos quadrados e uma garrafa de Cartuxa nas unhas! Para mim, fã de capa e espada de Pearl Jam ostentar tanto histerismo (e sim eu própria não me reconheceria :p) era como estar a cravar punhais de traição nos outros membros da banda, mas dias não são dias e na falta dos restantes, Eddie Vedder dá BEM, mas BEM para o gasto, ainda por cima quando ele fez um desfile (de luxo) de músicas de PJ! Não vou esmifrar setlist porque ia tornar-me aborrecida, falemos só dos pontos ainda mais altos do concerto: "You've Got to Hide Your Love Away", cover de Beatles que foi a banda sonora de I Am Sam, era de se esperar que tocasse bandas sonoras, pois a sua carreia a solo tem uma boa coleção delas, esta em especial para mim, gosto muito do filme e adoro Beatles; "Just Breathe", coro apoteótico! Apesar de não ser uma música que dê especial valor, sei ver que foi uma orelhuda que trouxe outro tipo de fâs à banda; "Betterman" versão Ukelele. Conseguir com que uma multidão acompanhe uma música tão conhecida com outro ritmo COMPLETAMENTE diferente é só mesmo para quem pode; "Immortality" momento, "Ok, eu estou a sonhar!" e eu disse mesmo isto! Esta música já é uma raridade e cantada só por ele e por uma guitarra é mesmo um tesouro!; "Last Kiss" foi o coro que pôs o "Just Breathe" a um canto, porque afinal idade ainda é um posto; "Hard Sun" das poucas músicas com direito a efeitos especiais e uma das acompanhadas por Glen Hansard (o traidor) e o final magistral com "Rockin' in a Free World" antecedido por uma grande discurso em prol do Surf-Camp perto de Ribeira d'Ilhas que está em vias de ser demolido pela Câmara para a construção de um centro comercial. Com o cover de Neil Young despediu-se e mais uma vez marcou um festival português e mais uma vez marcou a minha vida! ♥

Setlist:

1. Can't Keep
2. Without You
3. Soon Forget
4. Elderly Woman Behind the Counter in a Small Town
5. I Am Mine
6. Brain Damage
7. Sometimes
8. You've Got to Hide Your Love Away
9. Just Breathe
10. Setting Forth
11. Far Behind
12. Guaranteed
13. Rise
14. Betterman
15. Wishlist
16. Immortality
17.  Lukin
18. Porch
Encore
19. Unthought Known
20. Last Kiss
21. Society
22. Sleepless Nights
23. Falling Slowly
24. Open All Night
25. Arc
Encore
26. Hard Sun
27. Rockin' In A Free World









 



 
4 de Agosto.
Ora bem os restantes dias para mim eram mesmo um bónus pois tudo o que queria ver, estava visto, vá onde há Xutos e Pontapés há sempre vontade de ir 'pró jogo do empurra'. Era o dia dos meus colegas festivaleiros me introduzirem nos seus mundos musicais (menos no palco reggae, acho que nem o ritmo já tolerava eheheh). Ouvi: Orelha Negra, e gostei bastante! Conhecia uma música (Since You've Been Gone) e tive a sorte de a ouvir; Thievery Comporation, ouve-se bem, mas não me entretém; apanhei a última música dos Ting Tings, deu para fazer uma chamada e rir-me um bocado; depois Xutos foram para o palco e deram o concerto 'à lá Xutos' que é sempre uma fórmula vencedora! As mesmas músicas que agradam e várias gerações e as personalidades que pisam o palco conseguem sempre arrancar nos espetadores um pulo ou um grito maior! Momento do concerto, a dupla Zé Pedro e Kalú com a música "O Tonto"; The Roots, não eu não sou grande conhecedora! O grave, a única música que cantei foi quando eles fizeram um cover de "Sweet Child Of Mine" dos Guns! lool Mas foi um excelente concerto e por fim Gorillaz Sound System, só ouvimos um bocadinho pois a idade já não perdoa! E para mim foi o último dia de festival. Tenho a dizer que me surpreendeu bastante! Tinha uma ideia completamente diferente de tudo! Do espaço, do ambiente de tudo! Se o cartaz se justificar a repetir de certeza! :D





 






Beijos e Abraços

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Primeiro post de Agosto!

E chegou, citando a canção popular, o meu querido mês de Agosto! Não, não sou emigrante mas é o meu mês favorito. Por muita coisa: é o mês de Verão por excelência, faço anos, as fotos ficam sempre bem, faço anos, a roupa é fresca, faço anos, há sempre festarola e por fim porque faço anos! :)
Este ano com um programa de festas bastante preenchido, vou pisar pó ao SW (milagre de última hora), uma semana de camping com a bicheza (medo) e depois de volta à terra que há coisas a fazer! :p
Filmes e séries ficam em stand-by!
I'LL BE BACK :)



( Já disse que faço anos? :D )


Ok, eu tava a aguentar-me mas....

VOU VER EDDIE VEDDER!!!!




See you soon **


Beijos e Abraços