domingo, 3 de junho de 2012

Rock In Rio - dia 2

O sacana do S. Pedro quis passar a perna aos festivaleiros e ameaçou cair uma valente trovoada logo no abrir das portas, mas nem neve me tirava daquele recinto. Depois de uma chuvinha irritante ter estragado o cenário de algumas fotos, o sol brilhou.
A clássica volta pelo recinto mais uma vez, fotos, brindes e passo a passo fomos nos aproximando do Palco Mundo onde a grande razão pela minha presença se ia mostrar, Bryan Adams. Sítio escolhido, vista perfeita e agora era  só esperar. Quem fez as honras de abertura foram The Gift. Não sou fã mas também não detesto. Estão com a cara mais lavada, roupas coloridas e uma boa disposição contangiante, parece que a maternidade fez bem à vocalista e à restante banda. Uma hora de concerto que culminou com uma explosão de balões gigantes para o público. Seguiu-se Joss Stone. Era tábua raza em relação a esta rapariga e fiquei de boca aberta. Tem uma voz de  morrer de inveja, bonita que só ela e super simpática. Tem um estilo de música que me aborrece mas a hora que esteve em palco foi bastante boa. Mal ela sai de palco o ritmo cardíaco começou a aumentar, na minha cabeça já só se ouve "Bryan! Bryan! Bryan!". Eis que às 22h começam as guitarradas de "House Arrest" e o rei entra!! Waaaaaaaaaaaahhhhhhhhhh :D Foi uma hora e meia de paixão! Se já gostava (mesmo muitooo) antes de o ver em dezembro, depois fiquei a adorar!! E depois de ontem está confirmado, AMO!!! Ele é um doce, cativa qualquer pessoa, a voz rouca de enlouquecer! Valeu mil a pena e tenho a presença marcada em todos os concertos que der por cá! Fica a Set-List:

1. House Arrest
2. Somebody
3. Kids Wanna Rock
4. Can't Stop This Thing We Started
5. I'm Ready
6. Hearts On Fire
7. 18 Till I Die
8. Back To You
9. Summer Of '69
10. (Everything I Do) I Do It For You
11. Cuts Like A Knife
12. When You're Gone
13. Heaven
14. Cloud #9
15. The Only Thing That Looks Good On Me Is You
16. Run To You
Acoustic:
17. Straight From The Heart
18. All For Love
Brutal ou quê? :)

Depois de uma saída bem chorada, seguiu-se uma pausa (grandita até, os pés já nem os sentia) e por volta da uma da manhã entrou o grande Stevie Wonder! É efectivamente um excelente artista e brindou o público com os clássicos discursos pela paz acompanhados de músicas conhecidas de todos. Não ficámos para o concerto todo pois o cansaço estava a vencer-nos aos poucos.
E assim acabou a minha estreia no Rock In Rio! Resumo : boa companhia, bom ambiente e excelente música a repetir de certeza!   ★














Beijos e Abraços

1 comentário: