terça-feira, 8 de maio de 2012

A minha vida em 12 filmes

Achei engraçado fazer isto mas quero já dizer que esta lista não tem por base a qualidade dos filmes (apesar de alguns serem mesmo muito bons) mas sim a importância que têm para mim.
Vamos lá...


12. Unfaithful (2002)

ADORO! ADORO! ADORO!
Adoro o protagonista Olivier Martinez, sexy nas horas, a podridão da relação dele com Diane Lane, a sensualidade das cenas entre eles, o desfecho trágico e o ar penoso que Richard Gere faz quando descobre da valente armação que tem na cabeça. Porque o mundo não é um conto de fadas e aqui está uma realidade!



★ ★ ★ ★


11. Indecent Proposal (1993)

- Have I ever told you I love you?
- No!
- I do.
- Still?
- Always.

Nada mais a dizer.



★ ★ ★



10. Mission: Impossible II (1999)


Guilty pleasure no seu estado mais puro!
Ainda sou do tempo em que se ia ao cinema porque o filme era com o Tom Cruise, ah pois é! Depois do cinema veio a banda sonora, a VHS e horas a fio a ver as mesmas cenas... Perdi a conta a vez que vi a perseguição das motas...




★ ★ ★


9. Nuovo Cinema Paradiso (1989)

É talvez o filme mais bonito que alguma vi e só está no fundo da tabela por o ter visto tão tardiamente. Fez-me soltar umas lágrimas que é quase um prémio dado que por norma só sou lágrima fácil quando há animais à mistura. Adoro o sentimento de amizade e adoro filmes e este consegue misturar estes dois temas, só podia estar nesta lista!





★ ★ ★ ★ ★


8. Casablanca (1942)

There's always  a movie about love, right?
Tinha de haver um romancezeco boa? E comigo é tudo à grande, então que seja um dos melhores de sempre! Se eles vão ter sempre Paris nós teremos sempre Casablanca. Um filme para ver quando se está a perder a esperança no amor e nos lembrar que é capaz de haver grandes amores como este e que com cada grande amor deve vir sempre uma grande banda sonora, pelo menos para mim tem de ser assim ou então nem vale a pena! :)

"You must remember this..."


★ ★ ★ ★ ★


7. A Nightmare on Elm Street (1984)

Foi o primeiro filme de terror que vi e aterrorizou-me até aos ossinhos! A tenra idade não ajudava e o fato daquilo meter medo 'como o caraças' também não. Andei meses sem conseguir sequer olhar para a capa da VHS. Os anos passaram e o medo transformou-se em admiração e fiquei fã. Tenho a coleção toda (fazer anos é fixe) e apesar de a partir do segundo filme ser um verdadeiro descalabro, o primeiro é tão bom que apaga a má qualidade das sequelas. Freddy Krueger é um marco do cinema e mesmo que continuem a tentar destruir esta instituição o primeiro pesadelo será sempre um troféu do horror.








"One, two, Freddy's coming for you.
Three, four, better lock your door.
Five, six, grab your crucifix.
Seven, eight, gonna stay up late.
Nine, ten, never sleep again."


★ ★ ★ ★


6. Lion King (1994)

O que é que seria do mundo Disney sem este filme? Um bando de princípes, princesas e os seus finais felizes. Chorei até me faltar o ar de tão triste que é e chorei de rir de tão engraçado que se torna. Se houver viva alma que diga que não gosta deste filme provavelmente sofre de mau gosto agudo ou de estupidez crónica. Hakuna Matata tornou-se automaticamente um hino e a música "Can You Feel The Love Tonight" uma "fazedora de bébés" só de ouvir!



★ ★ ★ ★ ★


5. The Dark Knight (2008)

Foram precisos alguns anos para Christopher Nolan pegar na saga Batman e Christian Bale envergar o fato para três lendas nascerem: a parceria entre realizador e ator; a mais espetacular saga de um super-herói (como estou em desespero pelo próximo filme) e uma das personagens mais maléficas de sempre, o Joker de Heath Ledger, que não viveu o suficiente para ver o reconhecimento do seu trabalho. Deixou um legado de fãs de boca aberta e com certeza uma mão cheia de novos fãs.
Um dos melhores filmes que já vi.




"Why so serious?!"

★ ★ ★ ★ ★


4. Gladiator (2000)

A adolescência é um verdadeiro festival e eu vivi a minha com direito a tudo... Ainda alugava muitos filmes e era feliz! Aluguei este filme porque andava na correria dos Oscares ("old habits die hard") e fiquei fascinada! Passado semanas tinha o quarto forrado com o Russel Crowe de saias e tinha nascido uma crush que me moeu o cérebro. O filme é efectivamente muito bom, ganhou uma mão cheia de Oscares (incluindo melhor filme e melhor ator). É um clássico a todos os níveis, Hans Zimmer adoçou-nos os ouvidos, Russel Crowe os olhos e Ridley Scott fez-nos acreditar mais uma vez que se podem fazer coisas fantásticas no mundo do cinema.




"The general who became a slave. The slave who became a gladiator. The gladiator who defied an emperor"


★ ★ ★ ★ ★


3. Titanic (1997)

Devo fazer parte do grupo de 10 pessoas que não foram ver o Titanic ao cinema e agora com o 3D voltei a perder a oportunidade... Na altura tinha mesmo de me contentar com o vídeo da Celine Dion a berrar "My Heart Will Go On" que para mim era espetacular. Até que numa ida ao supermercado vi a VHS à venda. Os meus pais nesse dia até podiam não levar comida para casa mas aquela cassete tinha de ser minha. Garanto-vos que foi um bom investimento, dado que quando a encaixotei fui confirmar e está quase gasta de tanto rodar no meu video, especialmente a célebre cena da beijaria na popa do navio, uma prova que já fui uma verdadeira romântica.



★ ★ ★ ★ ★


2. Interview With The Vampire (1994)

Falei aqui deste filme há mesmo pouco tempo por esta mesma razão, por ser um dos meus filmes favoritos de sempre! Acho que na altura por reunir Tom Cruise e Brad Pitt. Com o passar dos anos fui-me apercebendo que para além do elenco de luxo é um luxo de filme. Bom bom mas bom! :D



"I'm going to give you the choice I never had"


★ ★ ★ ★ ★


1. Top Gun (1986)

Eis o número 1! Ok, não é o melhor filme do mundo, não aborda o tema mais nobre, não é espetacular a nível visual nem nas representações mas marcou uma geração e marcou-me a mim! Primeiro é um filme do meu ano de nascimento, tem o Tom Cruise a cheirar a leite e todo o filme transpira anos 80. A música é mais pirosa que um bailarico popular no calor de agosto, cenas clichê são mato e levadas ao extremo e o romance aparentemente impossível entre a professora sexy e o aluno rebelde é mesmo a cereja no topo do bolo, e como eu adoro tudo isto... ) Sei todas as falas de cór e nunca me canso de o ver...




 ★ ★ ★ ★



E vocês?? Contem-me tudo... :D

1 comentário:

  1. Retiro o que disse! Ehehehehe!
    Somos mesmo da mesma geração! Boa escolha, o "Unfaithful" e o "Indecent Proposal", adoro!

    ResponderEliminar