domingo, 29 de abril de 2012

Footloose 1984 vs 2011

Eu inverti um bocadinho a ordem das coisas e vi primeiro o de 2011 e depois com a consciência pesada fui ver o de 1984. Nota-se bem que o que tentaram fazer com este remake de 2011 foi tentar melhorar o de 1984, coisa que os remakes raramente conseguem fazer porque o que fazem quase sempre é desgraçar o que já estava feito, mas neste caso até nem correu muito mal. A história principal mantêm-se quase toda e até os diálogos são quase iguais, o que vi que foi melhorado foi a capacidade das personagens saberem dançar! Em 2011 os rapazes e raparigas dançam mesmo em 1984 abanavam-se! Muito engraçado ver Kevin Bacon tão novinho e constatar que Sarah Jessica Parker nem sempre foi tão feia. Em 2011 a rapaziada tem a cara mais lavadinha mas a banda sonora de 1984 dá bailinho (tenho um fraquinho pela música daquela época). São os 2 engraçadecos.





Quanto vale em asteriscos: * * *





Quanto vale em asteriscos: * * *




Beijos e Abraços

sábado, 28 de abril de 2012

Raising Hope (2ª Temporada)

No passado dia 17 acabou a segunda temporada desta série, descobri-a o ano passado e fiquei logo rendida e óbvio que acompanhei a segunda temporada de perto. É mesmo muito engraçada e teve lá pelo meio uns episódios fofinhos outros mais engraçados, como qualquer série. O final foi surpreendente e acabou 'benzoca', lá para setembro aquela família de loucos volta! :D





Quanto vale em asteriscos: * * * *


Beijos e Abraços

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Dracula (1931)

Ok, eu admito! Tenho uma grande crush pelo mundo vampírico, não sei bem porquê mas toda a mística das criaturas sangrentas sempre me fascinou, quer dizer nem sempre. Em tempos existiu uma novela chamada Vamp que tinha por tema a vampiragem e eu morria de medo daquilo, mas depois passou-me.
Um dos meus filmes favoritos de SEMPRE é "Entrevista com o Vampiro", não sei se na altura por ser um filme de vampiros ou por conseguir reunir Brad Pitt e Tom Cruise (apesar de não estarem nas suas melhores apresentações), mas por mais filmes que veja (e que vejo mesmo muitossss) este estará sempre no meu top de favoritos





Quanto vale em asteriscos: * * * * *



E agora vai cair por terra a credibilidade deste post (como se admitir que se gosta muito de vampiros não fosse mau o suficiente), outra razão para eu gostar de filmes deste género é a sátira de Mel Brooks, "Drácula Morto e Contente", sei que me ria à fartazana a ver isto e mesmo não sendo um dos meus filmes de topo de vez em quando gosto de dar uma espreitadela e sempre que passa na T.V. obviamente tem de ser revisto. (Este filme é a sátira ao Dracula de 1931 que supostamente é o tema principal deste post).





Quanto vale em asteriscas: * * *



E agora sim a qualidade cinematográfica vai subir... Ser um filme de Francis Ford Coppola é praticamente um selo de qualidade, falo de "Drácula de Bram Stoker". A história é a mesma mas na visão de um génio! É um filme muito mais sombrio, com cenas mais chocantes e uma visão do amor muito mais catastrófica, se na versão de 1931 dão muito mais enfânse ao romance de Mina com John, na versão de Coppola, Dracula e Mina é que estão marcados para se amarem para sempre o que torna as coisas muito mais dramáticas e nesta altura os vampiros ainda não brilhavam, eram bestas feias e sedentas de sangue! Além de ser um filme de Francis Ford Coppola tem um elenco de luxo, Anthony Hopkins, Keanu Reeves, Gary Oldman, Winona Ryder, obviamente que também está no meu topo de favoritismos e bem classificado!





Quanto vale em asteriscos: * * * * *



Agora falemos do que me levou a escrever isto. Ando numa fase de ver coisas a cheirar a mofo. Porque não ver um filme com mais de 80 anos? Ver como eram as coisas no início dos inícios. Como já deu para reparar gosto de histórias de vampiros e gosto em particular da lenda de Drácula, da Transilvânia, do castelo etc etc etc. E foi muito engraçado ver a evolução/modificações que a história vai sofrendo ao longo dos tempos. Vejamos:

1931:

- Drácula pode transformar-se em morcego ou em lobo;
- O que protege o comum mortal não é o alho mas sim uma erva chamada "Wolfbane";
- Os ataques eram lentos e cheios de glamour;
- Não suporta o Sol, nem espelhos, nem crucifixos;
- Morre com a clássica estaca de madeira no coração.

Atualmente:
- Vampiro é vampiro. Lobo é lobo. Morcego é morcego. Não há cá  misturas, aliás em maior parte das histórias misturar lobos e vampiros dá asneira;
- Andar ao sol é para meninas, espelhos quantos mais melhor porque vampiro é vaidoso e crucifixos são basicamente madeira, depois consoante as histórias as fraquezas vão mudando, mas ser vampiro nas histórias hoje em dia é "fixe" e não sangrento, assustador como deveria ser.

Gostei do filme, mas a sátira de Mel Brooks arruinou um bocado a coisa, porque por mais sérias que as cenas fossem o meu cérebro processou durante muitos anos a comédia, e era só o que ele via, de qualquer maneira ainda ainda bem que evoluímos, veio o cinema a cores e tudo o resto que temos direito, mas vale a pena! 




Quanto vale em asteriscos: * * *


Gosto de pensar se se existirem vampiros eles que sejam feios, nojentos, aterradores e que não metam piada nenhuma, porque apesar de este mundo me deslumbrar não gostaria de passar a eternidade a caçar pessoas para as drenar, mas se calhar se fossem todos assim a eternidade não era um lugar mau de se viver...




"Shhhh don't tell Edward"



Beijos e Dentadinhassssss :D

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Psycho

Este é daqueles que se deviam ver na escola! A banda sonora é épica, a cena do chuveiro é famosa ao nível de Jesus Cristo, Hitchcock foi pioneiro praticamente em tudo, o olhar de Norman Bates (Anthony Perkins) no fim do filme é lendário e os diálogos são tão simples que entram-nos na cabeça melhor que um jingle da Olá! Para quem gosta de cinema de terror e para quem quer ver como um bom filme de terror deve ser.





"We all go a little mad sometimes"


Quanto vale em asteriscos: * * * * *


Beijos e Abraços

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Friday The 13th (1980)

Depois da desgraça da versão que vi há dias de 2009 esperava um bom filme de terror á lá 80's mas achei-o um pouco parado! Prometo não ver mais versão nenhuma (mas devia ver a 2ª parte porque é quando o Jason entra a todo o gás), mas acaba por ser o nascimento de um dos mais famosos serial killers da história do cinema, vale a pena nem que seja por isso.






Quanto vale em asteriscos: * *


Beijos e Abraços

Halloween (1978)

Agora sim! A verdadeira essência  dos filmes de terror, temos todos os ingredientes que fizeram com que esta fórmula se tornasse um verdadeiro sucesso, uma noite enigmática, adolescentes com as hormonas aos saltos e um assassino louco com ou sem motivo aparente. Este caso em particular é mesmo o clássico dos clássicos, foi um enorme sucesso em 1978 e foi talvez a grande alavanca para a ascensão  deste género, seguiram-se algumas sequelas e inúmeras sagas terroríficas mas não há nada como o original! Recomenda-se para quem gosta do género.






Quanto vale em asteriscos: * * * *


Beijos e Abraços

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Intouchables

Finalmente um filme extremamente bom para lavar a alma do convento deste ano de 2012! Desde "Cinema Paraíso" que não via um filme tão bonito sobre a amizade! Ainda existem boas pessoas no mundo e excelentes histórias para contar! Recomenda-se vivamente!





Quanto vale em asteriscos: * * * * *

Beijos e Abraços

sábado, 21 de abril de 2012

1 ano

Não houve bolo (vá mais ou menos) mas houve festarola!




Elas 'na' matam mas moem! :D:D ehehehe

Para o ano há mais! :D

Beijos e Abraços

sexta-feira, 20 de abril de 2012

We Bougth a Zoo

É um filme fofinho, com história fofinha, com gente fofinha, basicamente é um filme fofinho! Estava com o pé atrás por causa da interpretação de Matt Damon por ser um filme fofinho, mas correu bem. Ser uma história verídica ajudou e pessoalmente ter animais (que não são mal tratados) ajudou bastante! Recomenda-se.




Quanto vale em asteriscos: * * *

Beijos e Abraços

The Woman In Black

Depois de tantos anos a ver este menino (Daniel Radcliffe) a interpretar Mr. Potter que vê-lo noutras circunstâncias é quase estranho, aliás o mundo ainda está no desmame da saga Harry Potter. E para primeiro filme após HP Daniel Radcliffe deu logo uma volta de 180º, passa da aventura/fantasia para um clássico de horror. Gostei das cenas de suspense, estão bem feitas e são capazes de nos gelar os pézinhos, o tom sombrio do filme também lhe dá uma aura engraçada, mas (há quase sempre um mas) no fim de nos adornarem a parte visual os 'bosses' da produção esqueceram-se que também tinham de caprichar na história mas ups esqueceram-se mesmo! É um pouco non sense as coisas caem-nos no colo como de pára-quedas, não há ligação entre quase nada, uma pequena desgraça e de notar que nos primeiros 43 minutos dá para passar pelas brasas, diálogo é nulo e acção inesxistente, mas vale a pena nem que seja para ver o Mr. Potter sem varinha! :D





Quanto vale em asteriscos: * * *

Beijos e Abraços

quarta-feira, 18 de abril de 2012

terça-feira, 17 de abril de 2012

Halloween (2007)

Eu gosto mesmo de perder tempo, é a conclusão que tenho de tirar sobre este filme! Queria ver um filme de terror e não me apetecia 'ir à procura' de nada assim tive de me restringir ao que tinha disponível. Eu quero muito atualizar-me nos grandes clássicos do horror (Halloween, Friday The 13th) e quem me arranjou este filme enganou-se e tirou esta versão de 2007. Olhem uma verdadeira seca, num filme de terror de duas horas tive um pequeno sustinho as cenas são levadas ao clichê supremo.
Não percam tempo.




Quanto vale em asteriscos: *

Beijos e Abraços

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Tem tudo para dar me*da

Existem certas e determinadas coisas que são sagradas e que remexer nelas deveria estar sujeito a multas pesadas e no caso que vou citar talvez a pena de prisão.
Numa altura em que mudança era a palavra de ordem nasceu um dos projectos musicais mais revolucionários de sempre e que marcou o mundo da música até hoje, falo dos Fab Four, The Beatles para os amigos. Na minha opinião são uma das melhores bandas que já existiu, mas tiveram um fim, mas acho que foi um fim digno, tirando dramas e horrores nipónicos claro! Sobraram quatro génios musicais, composições eternas e um legado infinito de carisma e bom gosto! Em 1980 John Lennon foi assassinado, em 2001 George Harrison morreu vítima de cancro, só resta Paul McCartney e Ringo Star que ainda andam por cá a espalhar magia e a fazer-nos acreditar que se pode ter 70 anos e continuar a ser uma Rock Star. Agora falemos dos problemas que se avizinham. Todos os Beatles tiveram filhos e todos seguiram os passos dos pápás e ingressaram no mundo da música (com muito menos visibilidade,claro), mas porque não, juntarem-se todos e formarem uns mini-Beatles?! NÃO!!!!!! Mas não mesmo! Mas óbvio que é o que vai acontecer, o projecto chama-se Beatles - The Next Generation! Ok, que a pequenada se quisesse juntar para fazer umas músicas tudo bem, mas têm mesmo de invocar os mortos e ir desenterrar o que é impossível de igualar?! Acho que vai ser um verdadeiro desastre mas eles vão tentar.










'Bitches' please!! :)


Beijos e Abraços

terça-feira, 10 de abril de 2012

New Year's Eve

Desde o sucesso de "O Amor Acontece" em 2003 não há um único Natal que não saia uma comédia romântica do mesmo género, várias histórias no mesmo filme e claro o elenco de luxo para acompanhar! Acho que este caso em específico abusaram mesmo no elenco de luxo pois todas as caras são-nos bem conhecidas tanto do cinema, da t.v. e dos palcos! Andava mesmo há muito tempo para ver este filme pelo facto de terem ido buscar Jon Bon Jovi das luzes da ribalta para fazer par com a aborrecida Katherine Heigl, acho que tinha havido muito mais faíscas se tivesse sido a Sofia Vergara, mas são opções! Não há mesmo nada de novo no enredo, no final, no início, no meio enfim em nada, mas faz bem ao olho e por favor é o Bon Jovi! :D








Quanto vale em asteriscos: * *

Beijos e Abraços

domingo, 8 de abril de 2012

Músicas Metaleiras

No que respeita a música até me considero um bom ouvido, apesar de ter estilos de que gosto mais, não me restrinjo somente a eles. Tenho é um pequeno problema, quando gosto de uma certa música consigo passar semanas a ouvir a mesma coisa o que resulta que depois sou capaz passar um ano sem lhes pôr os ouvidos em cima! Neste momento estou a passar por uma fase dessas. Viciei-me  200% na voz de Corey Taylor.
 





Tudo que o rapaz canta minimamente calmo (gritaria é que não dá) esta menina anda a ouvir! E as letras ai as letras!! Mas o que são estas letras senhores?! Há mesmo muito tempo que não ouvia nada tão bom! Ok, isto não é propriamente recente mas mais vale tarde do que nunca. E covers?! Ele transforma músicas más em boas e músicas boas em extremamente boas!


★★Stone Sour - Miracles★★


★★Slipknot - Snuff★★


★★Corey Taylor - Nutshell (Alice In Chains cover)★★ 




IMPERFECT - STONE SOUR

Some things are better off forgotten
We bury them in places that we really only visit by ourselves
Oh you were a version like no other
Oh they never tell you what to do when all you see is gone
What's the sense in anything when what they say is wrong?

Oh what do you want to hear?
Do you wanna know how many times
I tore myself apart cuz you're not here?
Oh why do you want to know?
Does it make you feel alive?
I had to die to finally let you go

Stop me... I find myself believing
A story gets rewritten so a blasphemy's permitted once again
Oh and you were so perfectly imperfect
Oh they never tell you what to do when all you have are lies
What's the sense in anything? It's just one more goodbye


Oh what do you want to hear?
Do you wanna know how many times
I tore myself apart cuz you're not here?
Oh why do you want to know?
Does it make you feel alive?
I had to die to finally let you go

Oh what do you want to hear?
Do you wanna know how many times
I tore myself apart cuz you're not here?
Oh why do you want to know?
Does it make you feel alive?
I had to die to finally let you go     

sábado, 7 de abril de 2012

Sexta-Feira (pouco) Santa

Depois dos planos habituais para este dia terem falhado devido ao humor bipolar do S. Pedro a solução mais prática foi fazer um piquenique "in doors" e filmes uma tarde inteira! Na parte da comida toda a gente se entende, já na escolha de filmes as coisas nunca são unânimes! Há quem goste de filmes de qualidade duvidosa (quer dizer toda a gente sabe que são uma merda menos o Zé) e há quem goste de filmes de terror (menos o Zé porque tem medo) mas mesmo assim lá demos uma hipótese à primeira categoria e houve uma tentativa (falhada) de ver (preparem-se) "Up in Smoke" que em bom português é "E Tudo O Fumo Levou" (ahahaahahahahahahhaah). Eu juro que tentei ver mas não fui capaz, vi para aí meia hora. Basicamente é a história de dois mexicanos que se conhecem na auto-estrada e partir é a loucura, eles, um carro e droga mas de notar que é um filme de 1978, uma pequena maravilha!




Quanto vale em asteriscos: *

Mas depois fomos mesmo para a nossa categoria favorita, filmes de terror! Estes estavam religiosamente guardados para ver nestas circunstâncias, porque eu admito, não era capaz de os ver sozinha! Não me considero 'cagarolas' mas desde que vi o primeiro sou incapaz de ver qualquer sequela sem ser com companhia, falo de "Paranormal Activity 2 e 3". Ok, não são filmes grandiosos, não contribuem para o aumento da nossa cultura mas divertem! Acaba por de desenvolver uma história por baixo dos 3 filmes e com toda a certeza que deve vir aí mais um filme em breve. O segundo é o mais fraquinho mas tem um final engraçado, já o terceiro ia ficando sem ar! Dasssssssss :) O primeiro arrepia muito por sem ter tão minimalista e parecer mesmo real, os restantes nota-se que as cenas são mais fabricadas, mas de qualquer maneira recomendo para quem gosta do género, quem não gosta ou se impressiona facilmente fujam com todas as vossas forças, eheeheheh.






Quanto vale em asteriscos: * *





Quanto vale em asteriscos: * * *


See U Soon




Beijos e Abraços

terça-feira, 3 de abril de 2012

Californication Season 5

No domingo passado acabou a quinta temporada de Californication! Dado e série que é, foi bastante calma esta temporada! Hank Moody e seus encantos só apareceram a meio gás! Acabou de uma forma estranha e para o ano há mais!




Beijos e Abraços