terça-feira, 26 de julho de 2011

Making-Of de um fã

Quando tinha 15 anos e na altura de quem não tivesse um discman não era ninguém na vida e que leva-lo para a escola era sinal de ser fixe, dois amigos meus levaram um cd em particular que mudou a minha relação com a música para sempre (pelo menos até agora). Pearl Jam ao vivo no Restelo era o cd e a partir daquele momento tinha nascido uma paixão desenfreada! Desde ai não há uma dia que não oiça PJ e que não deseje que venham a Portugal todos os anos. Mas naquela altura, aquele cd tornou-se a BSO da minha vida e agora consigo vê-la como das épocas mais felizes e bem passadas e sempre que oiço esse cd quase que consigo sentir rasgos de coisas que vivi nessa altura! Em 2006 fui finalmente vê-los ao vivo, curiosamente com os mesmos amigos que me mostraram o cd do Restelo. E foi uma noite memorável, o concerto foi divinal e ainda me apaixonei mais! Se ainda não sabia tudo o que havia para saber sobre os membros da banda e a sua história a partir dai sou praticamente uma enciclopédia sobre o assunto! Ainda andava na euforia do concerto do Atlântico quando no início do ano de 2007 é lançado um novo festival de Verão, o Optimus Alive a acontecer no Passeio Marítimo de Algés nos dias 8, 9 e 10 de Junho, em que os 'padrinhos' desse mesmo festival eram nada mais nada menos do que PJ!! Iriam ser os cabeças de cartaz do primeiro dia do evento, eu e mais um grupinho marcámos presença e mesmo de longe matei o bichinho de os ver. Como é óbvio fui vê-los o ano passado mais uma vez ao Alive e dos três concertos foi o que gostei mais! A setlist foi perfeita, mas também porque já tinha ouvido muitas das músicas mais conhecidas das outras vezes, este era um alinhamento mais elitista, mais pra conhecedores! :D Entre os dois Alive lançaram um cd de originais e depois do último lançaram uma colectânea com os melhores momentos da última tournê. E neste momento estou a desesperar por os voltar a ver e a aguardar ver o documentário realizado por Camerom Crowe (Quase Famosos) sobre eles, aquando das comemorações do vigésimo aniversário da banda!


 Ouvir a música deles para mim é quase uma rotina diária, não uma obrigação ou algo que faço quando estou triste ou alegre, acontece tão naturalmente como almoçar ou tomar duche, e sem querer cada música à sua maneira se tornou a Banda Sonora do meu quotidiano.
Se dizem que quando morremos aparece um filme dos melhores momento da nossa vida, o que vai aparecer no meu não sei mas aposto que a música é Pearl Jam! :D







Sem comentários:

Enviar um comentário